domingo, 22 de abril de 2018

Hermínio Coelho intercede e pede ao governador que cumpra ata, prorrogue o prazo do concurso e convoque últimos remanescentes da PM/RO


O parlamentar fez questão de ressaltar que o custo das academias será bancado com orçamento da Assembleia Legislativa (ALE/RO) 

Porto Velho, RO – Na manhã da última sexta-feira (20), o deputado estadual Hermínio Coelho (PCdoB) recebeu em seu gabinete uma comitiva formada por representantes de aproximadamente 250 aprovados do último concurso da Polícia Militar (PM/RO), grupo integrado pelo resíduo final dos remanescentes.

Segundo o parlamentar, o acordo firmado entre a Assembleia Legislativa (ALE/RO) e membros do governo Confúcio Moura (MDB), antes da renúncia do emedebista, já garantiu a convocação à academia de 231 pessoas através de acerto entabulado em ata.

Emerson Castro, ex-chefe da Casa Civil, e o secretário George Braga, do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), que continua no governo Daniel Pereira (PSB), assinaram o documento junto com o presidente do Legislativo Maurão de Carvalho (MDB) e demais deputados presentes à ocasião.

Para garantir o chamamento dos outros 250, também alcançados pelo acordo em questão, seria necessário, agora, que o atual governador prorrogue o prazo do concurso por mais dois anos; a data limite para que o chefe do Executivo o faça é até 20 de maio.

Hermínio Coelho informou que o efetivo da PM/RO continua reduzido e deve reduzir ainda mais porque vários trabalhadores vão se aposentar ainda este ano. Por isso, de acordo com ele, é importante que os remanescentes estejam prontos para suprir a carência no setor de segurança pública.

“Nós nos comprometemos com vocês, remanescentes, em conversar com o governador Daniel Pereira para que o prazo do concurso seja prorrogado”, informou o deputado à comitiva.

O concurso em questão aprovou mais de mil inscritos; do total, cerca de 800 já foram chamados.

“É imprescindível para o efetivo que os remanescentes estejam aptos para suprir essas vacâncias no decorrer dos próximos dois anos”, asseverou Coelho.

A cada ano, aponta o parlamentar, aproximadamente 500 trabalhadores se aposentam.

Como o governo anterior assumiu o compromisso de prorrogar o prazo e o acordo foi feito já levando em conta a transição de governo, é perfeitamente possível, na visão de Hermínio, concluir as convocações.

“Nós pediremos ao governador que cumpra o que foi acertado. A gestão Confúcio já convocou 231 remanescentes e não autorizou, mas ainda está dentro do prazo, a prorrogação”, destacou.

A despesa com as academias, tanto dos 231 que já foram chamados quanto dos praticamente 250 que ainda faltam, conforme registrado em ata, correrá através do orçamento da ALE/RO, ou seja, o Estado de Rondônia não terá custo para promovê-las.

“Os deputados se comprometeram com esses jovens a arcar com os custos das academias para que o governo dispusesse dos recursos a fim de formalizar suas contratações como novos servidores do Estado. Precisamos desses policiais nas ruas e tenho certeza que o governador Daniel Pereira também compreende essa necessidade”, concluiu Hermínio. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário